04
Abr 07

Eu estava em casa a fazer cos T.P.C  quando peguei na minha borracha e comecei a desenhar-lhe  uma boca, olhos, nariz, orelhas, pernas e braços.

Passado algum tempo eu ouvia uma voz fininha e meiga, mas não sabia de onde ela vinha. Peguei na minha borracha outra vez e ela estava-se sempre a mexer e começou a falar para mim. Virou-se para mim e disse:

- Olá, eu sou a Florzinha, a tua borracha.

E eu continuei sem dizer nada, com a boca aberta.

Disse ela:

- Não fiques assim de boca aberta, é muito bom poder falar com alguém.Podemos ser amigas?

Eu assustada disse:

- Meu deus, como é que isto foi acontecer?

-É fácil, tu desenhaste-me as partes do corpo e eu ganhei vida.

- Pois, nem sei o que dizer.

Para todo o lado que eu fosse levava a Florzinha comigo, para conhecer os sítios onde me divertia.

Todos os momentos que passei com ela foram divertidos, lindos, espectaculares, adorei!

publicado por belitinha às 17:41

1 comentário:
Já esperava trabalhos teus há muito tempo. Tu sabes que tens que te afirmar, porque a capacidade está bem presente neste texto muito interessante. Boa Páscoa.
Professor Paulo Faria a 7 de Abril de 2007 às 18:31

Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO