19
Abr 07

No oitavo aniversário de Leopoldo, ele recebeu livros, como em todos os outros aniversários.

Ele gostava de receber sapatilhas mas nunca tinha essa sorte.

Os pais diziam que era muito importante ler, mas ele já estava farto de ler.

Os pais queriam que ele lesse, estavam sempre a insistir, e então ele um dia resolveu sair de casa!

Quando Leopoldo estava a passear no parque, encontrou um velho sentado num banco.

O velho contou-lhe muitas histórias, e disse que quando tinha a idade dele tinha fugido de casa.

Foram comer a uma charcutaria, e depois disso, o velho, disse que o ia levar a casa, Leopoldo nesse momento gostaria de ter dito que tinha fugido de casa, mas não disse.

Foram no autocarro, e quando chegaram a casa bateram á porta. A mãe quando viu o seu filho abraçou-o  com muita força, o velho depois foi tomar um café e disse à mãe de Leopoldo que o filho era míope, que precisava de usar óculos.

Quando passou de ano recebeu umas sapatilhas, e ia uma vez por semana ao parque correr.

E o Leopoldo começou a gostar de ler.

publicado por belitinha às 15:21

6 comentários:
isabel está muito giro o teu trabalho continua assim .
gata_loira a 21 de Junho de 2007 às 15:36

Acho que fiz um resumo bem melhor:

No oitavo aniversário de Leopoldo, ele recebeu livros, como já era normal desde que tinha nascido. E, mais uma vez, ao abrir os presentes ficou desiludido. Sonhava em receber umas sapatilhas pois adorava correr. Ficou triste e furioso.
Como os pais eram pessoas que liam muito, pensaram que o filho sofria de alguma doença por não ter interesse em ler. Foi então quando Leopoldo ficou sujeito a um programa elaborado pelo pai, em que todos os dias tinha de ler tais ‘gramas’. Leopoldo não conseguia mesmo ler. Até começou a sofrer pesadelos com livros.
Foi então que decidiu sair de casa.
Apanhou o autocarro e foi-se embora dali, sem destino. Quando chegou ao fim da viagem saiu numa praça e foi a um centro comercial. Numa das lojas de desporto sonhou com umas sapatilhas, mas acabou por se ir embora.
Foi, entao, para um parque no meio da cidade. Encontrou um banco apenas com um velho cego (de óculos escuros) e meteu conversa. O velho contou que perdeu a vista em tempos de grandes aventuras quando este era marinheiro e lutava com piratas. Disse que tinha ficado com pena era de nao ter acabado de ler um livro.
Leopoldo, sem mais nada para fazer, foi com o velho a uma livraria, onde tentou esforçar-se para ler. Mas lá começava de novo aquela confusão de letras irrequietas que não o deixavam ler. O velho percebeu que ele estava com dificuldade e perguntou-lhe o que se passava. Ele explicou. O velho levou-o a casa novamente.
Explicou à mãe do Leopoldo que o seu filho só não conseguia ler porque sofria de falta de vista. A mãe de Leopoldo ficou vermelha de atrapalhação. Compraram os óculos para o rapaz e este voltou a encontrar o velho para contar-lhe o resto da história.


Espero que seja útil...
Mokasx a 11 de Junho de 2008 às 23:48

SIM ESTE RESUMO E MUITO MELHOR DA MERDA QUE ESTA EM CIMA MUITO BEM O SEGUNDO RESUMO MEREÇIA UM PRÉMIO PARABÉNS
B a 8 de Outubro de 2009 às 18:13

Tens aqui um optimo resumo melhor do ke o de cima o de cima não se percebe e oteu percebe-se.
Anónimo a 8 de Junho de 2010 às 10:32

obrigado vou apresentar este livro amanha e nao sabia como faser o resumo xau abraço




tiago
tiago a 25 de Novembro de 2010 às 18:40

Está um ganda Resumo do livro. Para a próxima, faz um resumo do «Cavaleiro Lua Cheia» ou do «Vai Onde Te Leva O Coração». Parabéns.


Vê www.projectopainting.blogs.sapo.pt ou www.projectoreading.blogs.sapo.pt.


xau
The_blog_man a 2 de Março de 2010 às 17:36

Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO